Email Marketing é Spam Disfarçado

Diariamente somos invadidos por dezenas de mensagens com promoções imperdíveis de produtos de informática, remédios para calvície, remédios proibidos, remédios para impotência, remédios para emagrecer, compra coletiva, equipamentos que prometem aumentar certas partes do corpo, convites para palestras e eventos com os maiores gurus.

Hoje em dia para disfarçar a má fama que possuem os spams, muitas empresas se enganam e tentam enganar os usuários, dizendo o que fazem não é spam é e-mail marketing, diversas empresas que se dizem empresas de CRM e que terceirizam esse tipo serviço como se fosse um marketing moderno e eficiente. É tudo SPAM! Mesmo se tiver formas de remover seu e-mail da lista (alias que nunca funciona), que seja enviado só uma vez ou de vez em quando, se usuário não autorizou o envio propagandas para aquela empresa, é SPAM! Alias como aquela empresa conseguiu aquele e-mail? Pois a venda e a compra de cadastro é ilegal!

Alem destes problemas tradicionais que todo mundo já está cansado de reclamar, tem o problema tecnológico que os spams causam, pois grande parte do volume de processamento de dados dos servidores é ocupada pelos anti-spams, sendo assim um servidor que teria capacidade para 300 sites hospedados acaba hospedando apenas 100 devido a sobrecarga que os anti-spams causam nos processadores. Isso gera maior custo de equipamentos, softwares e largura de banda para as empresas de hospedagens,   maior gasto de energia para os Data Centers, e por sua vez mais custo para os usuários que hospedam seus sites.

Alguns anos atrás já caímos na tentação de realizar “e-mail marketing” para alavancar um de nossos projetos que estava iniciando e, em uma semana de envios conseguimos uns cinco cadastros no máximo, recebemos diversos e-mails de usuários nos xingando e incomodamos milhares de pessoas. Depois de percebermos que esse tipo de marketing não era bom pra ninguém, imaginamos se haveria uma forma de divulgar nossos serviços de uma maneira mais eficiente, depois de pesquisar um pouco descobrimos os anúncios patrocinados nos buscadores. O resultado foi imediato, alguns minutos após a realização do anúncio já começaram os cadastros no site, com apenas alguns reais por dia conseguimos dezenas de anunciantes.

O problema é que o spam é tão ineficiente que para que ele dê algum resultado é necessário o envio de milhões de e-mails, e como o envio de um milhão a mais ou um milhão a menos não tem “custo nenhum” (não para o spammer), eles inundam a Internet com e-mails inúteis para atingir uma porcentagem muito pequena de usuários, sem se preocupar com os males que causam, pois eles estão garantindo o deles, e para eles é isso que interessa. E até hoje não saiu uma lei que proíbe isso no Brasil, pois grande parte dos políticos usaram, usam, ou pretendem usar este recurso para suas campanhas políticas.

A solução que tivemos para esse problema foi bloquear os IPs dessas empresas de CRM e, só com essa medida já diminuiu em 70% o número de “E-mail Marketing” recebidos. E os outros que ainda insistem em fazer isso ligamos a cobrar solicitando a remoção.

Comments are closed.